Sunday, July 31, 2011

A Arte

Quando se encaminha para observação da arte é preciso saber que nesse momento o Ser é executado. Todos os sentidos entrarão no processo de absorção, catapultando para o extermínio de qualquer forma de retorno ao momento anterior. Todo o Ser despedaça-se, jamais para germinar, nunca mais para criar um trilho de pureza.

3 comments:

Vanuza Pantaleão said...

Darviolet, amigo!

A arte nos despedaça e cada pedaço nosso tem um destino, mesmo incerto, mas tem.

Eu também gosto de Andrei Tarkovsky, só agora atentei nele no seu perfil. Pretendo, em breve, postar sobre Stalker, filme esse que muito me atingiu, seria uma ousadia de minha parte, mas vou ousar...te aviso aqui, preciso da sua opmião.
Ótimo final de semana!

Vanuza Pantaleão said...

O ser, o ego é executado no momento em que penetramos na observação da arte...
Dissolvem-se os resquícios do pensamento...
É isso!

Miosotis said...

Dark_ ~

Arte violenta para uma noite que já não é fácil...

Bom Natal!