Monday, December 31, 2007

Brasas Embaladas

Pedras molhadas ao sabor perverso dos corações. Agarrar a vontade de as tilintar, naquela ternura de as ver arder num limite inalcançável.
Escavar com os ardores na palma da mão até escaldar a pele, até o âmago virar gelo de fogo, até o pingar a progredir para gritar nas cavernas das teias. Som embalado de brasas dilacera o deserto...

As palavras circundam, circulam os pés nus...
Chuvisco de mais um ano...Fonte de gemidos...
Entra 2008...

6 comments:

Miosotis said...

Um mensagem 'forte' bem ao teu estilo, 'Dark_'!

Não tenho palavras para agradecer a cuidadosa amizade que me tens dedicado em 'fragmentosdanoitecomflores!

Muito sensibilizada pelos votos lá poisados! Retribuo-os com o mesmo espírito!

Um Novo Ano pleno de serenidade e muita esperança!

**Bom Ano 2008**

Um beijo fraterno
[não são apenas palavras...]

Ariel d'Angouleme said...

Darkviolet,
Um bom 2008...

Abraço.

un dress said...

ciclos.

que sempre concêntricos, ardem!





bOm tempO....................

abraÇO :)

DarkViolet said...

Miosotis:

Que a esperança esteja presente em cada pessoa.


Ariel d'Angouleme:

Feliz Ano Novo.


un dress:

Tempo de chuva, de tempestades, de fortes ventos...muito bom tempo :)

Twlwyth said...

Que o 2008 entre em ti da forma que desejas.

DarkViolet said...

Twlwyth:

Se fosse da forma que desejo vou ter que possuir um baú maior:D