Monday, April 28, 2008

Rosa

O beijo escala o desejo; a sombra fantasiada fica encapuçada num sopro. Esqueci-me da rosa vermelha de sangue. Deixei-a sozinha, perdida no canto. A “crueldade” está despida ao toque do sol escondido. Deixei-a lá, deixei-a apaixonada na sua cor. Não a levei; não entendo como a deixei.
É o tempo do beijo; o subtil encosto. Deixei-a sem a recolher nos meus dedos. Pétalas enlaçadas ficaram na solidão. Esqueci-me dela...Não a abracei...Esqueci-me de mim...

Não é ela!

7 comments:

Miosotis said...

... por vezes abandonamos as coisas, as pessoas...

e por vezes...

A rosa sobre a neve poisada [paixão] em gelo de espaços sentimentais...

O tema musical, bonito! Gosto das tonalidade das vozes em contraponto.

boa semana!

Ariel d'Angouleme said...

Interpretação minha:
As pessoas não vivem no que as representa. Não vivem no que nos desponta a lembrança.
Simplesmente vivem em si, mesmo quando não as temos...
quando as deixamos.

Abraço.

DarkViolet said...

Miosotis:

Existe uma grande mistura de acontecimentos que por vezes faz "esquecer" um simples gesto.
A rosa sobre a neve é paixao?! interessante essa perspectiva.
A mistura masculina e feminina é bem conseguida no meu entender (na música).
A letra da música está na secção "palavras esvoaçantes"


Ariel d'Angouleme:

E a rosa lá ficou. Não deviamos esquecer de cada um de nós...

Miosotis said...

... não fiz uma interpretação [nunca interpreto, apenas discorro sobre o que leio...]

A rosa [paixão/vida sentida] li-a como contraponto da neve [gelo/frieza vida não sentida].

... sim a voz no seu espendlor [masculino versus feminino] é esplêndida, mas... a parte orquestral também é bastante forte...

DarkViolet said...

Miosotis:


Não usei a palavra interpretaçao, usei a palavra perspectiva. A divagação que fizeste é uma perspectiva. Não salientei se está correcta ou não. Somente diz que é uma perspectiva.

Sem dúvida que existe a dualidade entre ambas as temperaturas.

Twlwyth said...

A fragilidade das rosas que sobrevivem às mais baixas temperaturas.

DarkViolet said...

Twlwyth:

Há seres maravilhosos cobertos de gelo