Monday, August 06, 2007

Parabéns Twlwyth

As velas pousadas num círculo misturam odores de suavidade. Cada cera derretida congela em tons prateados, a cantarolar a melodia dos violinos. As cordas frenéticas sobem de tom, ao vento do queimar dos troncos, lançando chamas no nevoeiro madrugador. Sinos rejubilam com o estilhaçar de mais um ano, enquanto a profanação do tempo brinca aos dados. Os feitiços propagam-se dentro da tua magia.

3 comments:

Ariel d'Angouleme said...

Bem que podiam substituir a letra de "parabéns" por algo assim... ;)

Bonita homenagem...

Abraço.

Twlwyth said...

Tu é que semeias magia a quem dedicas textos com sabor a sorrisos de chamas ardentes. Obrigada. :) beijo

DarkViolet said...

Ariel d'Angouleme:

Admito a minha falta de originalidade para os títulos:D


Twlwyth:

Que esses sorrisos perdurem ;)