Sunday, May 20, 2007

Santa Maria da Feira - Teatro de Rua

A Lua fazia de baloiço à estrela numa noite de fria Primavera. Escalar a história na pura imaginação do riso, uma subida tão íngreme que o cantarolar da versatilidade descai pelos trapos das cores. Tantos instrumentos num corpo fazem a sinfonia ser o precursor das alturas. Todo o círculo ambienta-se ao desfilar das notas musicais. Plim…Plim…Plim…

Palhaços de machado e faca na mão esmagam de susto a personagem da cruz. O balão arrebentado, o copo com água invisível, a palmada que voa sem superfície, a mala de viagem sem bilhete, ou a maquilhagem na ponta do nariz vermelho!

O foco corrompeu as Almas presentes, incendiando a água, chamando os gritos das chaminés. Rolaram cilindros dos cereais na balança indestrutível do temporal das labaredas. Chiam os ferros que queimam a pele, arde o corpo com troncos descalços que clamam mais chamas.

Oito pessoas brincam numa esfera criando uma malabarismos de esqueletos. A dinâmica flúi no sabor do ar. Enquanto eu entretenho-me a tentar tocar num balão solto...

19 comments:

un dress said...

vejo como se visse


...


:)

collybry said...

É muito salutar esses teatrinhos de rua,gostei muito do texto...bei doce beijo___________-

DarkViolet said...

un dress:

Somente descrição..


collybry:

é muito divertido as cores que se espalham por essas ruas mágicas...

Twlwyth said...

Os teatros de rua engrandecem os locais e as pessoas.

borrowing me said...

foi bom???

bjs

MagnetikMoon said...

Nunca fui muito fã de teatro,confesso.Mas como não vi também não posso dizer se terá sido como o descreves.

Ariel d'Angouleme said...

Gostei da visão...
Encontro-me saudoso da feira medieval...
;)

Abraço.

P.S: Este fim-de-semana, para quem gosta de música celta, "Bailebúrdia" nos jardins do Contagiarte:
Rua Álvares Cabral,372 - Porto
(Porque sei que perdeste o festival intercéltico, deixo a sugestão.) ;)

DarkViolet said...

Twlwyth:

Fazem sorrir as pessoas levando-as para outtros mundos. Escapando ao real entrando na fantasia. Um dia ainda faço uma peça de teatro:D


borrowing me:

Foi agradável. Só um senão: podia não ter ido tanta gente.


MagnetikMoon:

Pões sempre em dúvida o que não viste. Ainda vais virar freira :D


Ariel d'Angouleme:

No princípio de Agosto ela virá. Agradeço-te a sugestão.

Twlwyth said...

Mas fazes para escapar ao real? :D

DarkViolet said...

Twlwyth:

É necessário por vezes fazer isso. Ou senão enlouqueço de vez ;)

Twlwyth said...

Hoje veio-me parar às mãos uma notícia interessante que suponho tenha sido sobre esse teatro. Pelos vistos deu polémica!

Mas fazias mesmo um teatro?

DarkViolet said...

Twlwyth:

É provável que tenha dado. Na parte que vi nesse dia, fizeram um espectáculo com fogo sem a mínima segurança. Não sei se é a isso que te referes...

Era interessante criar algo teatral deste que a história me cativasse a tal...

Twlwyth said...

Não sei se foi a parte que viste, o que li referia-se a umas freiras desnudadas e um porco crucificado numa cruz, o que chocou algumas pessoas da comunidade católica.

Também é interessante criar a própria história.

DarkViolet said...

hummm..não cheguei a ver isso:D

Twlwyth said...

Bem me que me parecia que as descriçoes nao coincidiam totalmente. Confundi-me toda.

DarkViolet said...

Twlwyth:

O que descrevi no post foi o que vi;)

MagnetikMoon said...

Lol,ainda querias que me tornasse freira!hahahaha

DarkViolet said...

MagnetikMoon:

Tu não foste feita para ser freira. Basta olhar para a tua imagem de blogger:D

MagnetikMoon said...

Basta olhar para a minha imagem de blogger e não descobrir nada de quem a projecta:D