Thursday, November 13, 2008

Caverna Lunar

Lendário viajante
Entrelaças as crinas nos dedos
Rompendo a chama incandescente

O orvalho da Alma
Transborda correntes de fogo
Dentro da caverna

A intensidade brilhante do esplendor...
Escuridão...

4 comments:

MagnetikMoon said...

Cavalga a fragância delicada da noite primaveril de Outono...

Magnetikiss*)

DarkViolet said...

MagnetikMoon:

Delicada Lua do acolhimento, respira fragrâncias de folhas

Fragmentos Culturais said...

... a antítese entre o esplendor e a escuridão! Lua intensa, delicada, como tu próprio a designaste, absorta na noite fria, solidão...

Sensibilizada pelo olhar em 'fragmentos'!

DarkViolet said...

Fragmentos Culturais:

O orvalho da Lua a iluminar a escuridão, a escuridão a gemer na luz, a intensidade a resplandecer em cada ciclo