Sunday, November 30, 2008

Feitiç

Torrencialmente a Alma deseja ser fiel à difracção, visão mágica transferida para a visão do chamamento. Nítido arregaçar dos dedos sobrevoa as cores deflagradas, a rasgar a pluviosidade do inferno incandescente. Ilhas de assédio descaem num brotar fresco, num brilho mergulhado no lume fantasma. Com o alcance da energia as sombras alegram manchas fascinantes, pecam para preservar a suavidade. Camadas de explosões criam faíscas esmigalhadas, cantos que chegam para florir o feitiço da vegetação sangrenta dos desejos; cascatas do olhar transparente feito à medida do horizonte. As silhuetas deslocam-se abruptamente ao sopro do licor de cada gota tornando inalcançável a corrente devastadora.

8 comments:

Alisson da Hora said...

"Ilhas de assédio descaem num brotar fresco, num brilho mergulhado no lume fantasma"

Estás tornando-se num feiticeiro, camarada...lindas imagens...

abraços!

Klatuu o embuçado said...

Vais comer o feitiço letra a letra? :)

Abraço.

Miosotis said...

eu sei como gostas da chuva! E aqui a encontro a '...rasgar a pluviosidade do inferno incandescente....'

No entanto, hoje gostei de ouvir a chuva batendo ritmadamente nas vidraças!

Sempre intenso na fusão das palavras! Sabes que por vezes fico mesmo 'absorta'! Hum! 'Ilhas de assédio...'!!

Sensibilizada pela 'duplicidade' atenta em 'fragmentos'!

bat_trash said...

Como disse Platão: alma é detentora da sabedoria e o corpo é a prisão quando a alma é dominada por ele, quando é incapaz de regrar os desejos e as tendências do mundo sensível.

Bat Kiss.

Gothicum said...

"Para milhões e milhões de seres humanos o verdadeiro inferno é a Terra."
(Arthur Schopenhauer)

Se com o feitiço se resolve-se tudo que bom seria. Como sempre são excelentes estes teus pensamentos. Abraços

DarkViolet said...

Alisson da Hora:

Os demónios não podem ser feiticeiros, simplesmente ateiam chamas para os odores de calor se espalharem. As imagens mostarm mais um pouco dointerior de cada feitiço


Klatuu o embuçado:

Vou devorar cada letra bem devagarinho eheheheheheh


Miosotis:

A chuva tem esse encanto, provoca e seduz na sua provocação. Tu ainda virar a senhora absorta:)Duplicidade de neve


bat_trash:

Sem dúvida que é complicado regrar o material com o imaterial. Restam as gotas para desencadear a transparência


Gothicum:

Schopenhaeur é sempre uma boa escolha. E o verdadeiro inferno para os restantes, onde será?!
Pensamentos divagantes com gestos de pétalas para quem desejar as colher. Obrigada

MagnetikMoon said...

Tranferem-se poções no barco das marés, e são benéficas para o faíscar ininterrupto das áreas rubras...
A imagem reflecte essa pureza.

Magnetikiss;)

DarkViolet said...

MagnetikMoon:

Gotas a faiscar ao brilho cavalgante da pureza, do estalar da flor incendiária