Saturday, January 03, 2009

Espelho

A paisagem acoplada ao rosto, aos olhos desfolhados, lábios seduzidos pelas chamas, carícia volumosa a levitar; reflexo forma suas linhas de fogo nos espelhos da miragem. Sempre a germinar, a imagem infiltrar-se nas subtilezas do inverso, a florescer os espinhos cravados da contemplação do destino. Este sangue esvoaçante trilha o fogo do momento, instantes permanentes do qual o peregrino devora o instante.
A viagem desencadeia a ceia impregnada da sorte. Cada instante pinga o estilhaçar do horizonte, desaguar do licor da fonte, dum cântico a envolver o estremecer, adormecer.

7 comments:

Gothicum said...

"Não há nada em que paire tanta sedução e maldição como num segredo."
(Soren Kierkegaard)

...simplesmente...
Guarda-o no teu reflexo, no teu espelho. Abraços.

Alisson da Hora said...

Espelhos são extremamente perigosos em sua sutileza particular...

bat_trash said...

O reflexo da face diz que somos o que parecemos, e a face diz ao seu avesso: ninguém se conhece! De sonhos secretos, a vida se tece.

Dark Kiss.

PS: Adorei...inspirador!

Peculi said...

no Retrato de Dorian Gray de Oscar Wilde o espelho reflecte além do físico mostrando a alma, a essência da pessoa refletida.

Nós somos marcados pela nossas individuais e distintas jornadas, pelos nossos sentimentos e sofrimentos. Não há forma de esconder o pesar ou o timbre silencioso, mas sempre marcante, do tempo. Dá vontade por vezes de questionar, serei mesmo eu a imagem refletida no espelho, ou será todo o peso da minha vida?

Marlene said...

Os espelhos e os seus perigos ..inúmeros ..
Adorei o texto :)
Obrigada por todos os comentários e que o ano de 2009 te corra pelo melhor :)

Kiss *

MagnetikMoon said...

Transborda lâminas no toque que cresce a gotejar chamas:)

Magnetikiss;)

DarkViolet said...

Gothicum:

Um excelente filósofo! quase tudo será guardado, até o pingar do reflexo do inverso


Alisson da Hora:

Demasiado. Podem prender Seres que pensam ver suas Almas no infinito desse horizonte. Aprisionar


bat_trash:

Difícil conhecer o outro que se encontra mergulhado nas trevas da luz. Às escondidas o reflexo saboreia a ceia da sorte, espelhar e espalhar
Obrigada


Peculi:

Somos sim reflectidos pelos sentimentos e sofrimentos. Agora quando se penetra o espelho conseguirá estremecer na mistura de si ou dos outros? O compasso do tempo tenta paralisar no espelho. A imagem reflectida dá a matéria, ilusão da Alma, parte do Ser, por isso se adormece no fim depois de tanta contemplação. O fúnebre olhar perfura o inverso


Marlene:

Há múltiplos perigos no reflexo. Ficar nele é um deles... Obrigada


MagnetikMoon:

Essas chamas são toques da Alma, não poderão ser os toques do espelho, da matéria. Se as lâminas rasgam, o adormecer junto ao espelho será miragem, enquanto o toque irá inverter o processo da ceia