Monday, August 07, 2006

Números

Na cor de estar tudo indefinido só tenho que seguir o que está correcto. Somente o sonho que é meu, a ambição de voar com asas de papel para entrar em chamas, o caminho da sorte... Sei o que sinto, mas já mais nada interessa nesse campo. Faço o mais belo poema de Amor e assim vou marchando para o abismo do sentimento. Tentarei cumprir a última etapa que tenho para fazer. Espalharei as últimas cinzas neste jardim, com as forças de tempestades, com as minhas mãos de asas...E aí serei, e sentirei a flor de arcos. Interessa sentir o futuro nas suas dimensões floridas.
10 - 23 - 32 - 35 - 40 - 47
1- 19 - 27 -28- 41 - 43


4 comments:

Vampiria said...

"pés nus"... curioso, Dark Violet, curioso e verdadeiro, cada dia é uma caminhada, sempre de pés nus... estou adesviar me do teu tema, mas prendi-me neste pormenor do teu blog :))) beijo

Em busca de Felicidade said...

Tu a fazer poemas de amor????
Estou perplexa!!!!

Este post já é mais o meu mundo....

Beijinhos

DarkViolet said...

Desviaste nem chegaste a tocar no tema :P

Há várias de formas de Amar

Anonymous said...

Very cool design! Useful information. Go on!
» »