Friday, February 24, 2006

Contido estrondo

Recolhe-se os quadros, recolhe-se o amor,
Calor transparente, moldura carente,
Vazio despido em momento retido,
Sem folhas nas veias, contido...

Imensidão de mar que ouve,
Mergulho no vácuo ausente,
Vontade de transbordar
Permanência de sentir trovejar, estrondo...


Gemo torcido no esqueleto,
Árduo odor de perfume,
Caixote de vidro repleto
Na persistência do lume...

1 comment:

Kali said...

Tudo se recolhe e acolhe...
Calor frio em gelo quente
Vazio despido vestido consentido
Sentimento contido

Imensidão transparente
Ausente sensação
Transbordar num reflexo
Aperto sufocante que chove na palma da mão

Gemido ouvido corrido
Corpo perfumado esfumado
Caixa de musica
Melodia unica...