Friday, February 24, 2006

Bebo !!

Bebo o café turvo da saudade
Caos deprimente, diferente
A ausência vincada
Infestado de demónios,
Mergulhado nas trevas...

Espírito de trapo, louco
Muitos sítios vagueio
Só num quero estar
Perdido o hábito, retido
Bebo o gemido do amor...



4 comments:

Kali said...

Engulo a amargura salgada dum olhar
Mar revolto, distante
A presença ondulada
Coberta nas garras dum doce demónio
Afogada em círculos de luz

Asas de papel queimado
Pedaços que esvoaçam na calçada
Abismo que se estende
Mergulho em lábios de fel
Gemido de dor...

Kali said...

Que lábios carnudos de perfeição...

DarkViolet said...

Que lábios ardentes de silhuetas...

DarkViolet said...

São os meus...